Quais são os distritos existentes em Santo André/SP?

O município paulista de Santo André conta com 3 distritos. São eles: Santo André (distrito da Sede), Paranapiacaba e Capuava. O distrito de Santo André, por sua vez, é dividido em 2 subdistritos.

  • Santo André
    • 1° Subdistrito (Santo André)
    • 2° Subdistrito (Utinga)
  • Paranapiacaba
  • Capuava

O mais antigo deles é Paranapiacaba, que foi criado em 1907, pertencendo ao município de São Bernardo na época. O distrito de Santo André surgiu em 1910, também como parte de São Bernardo. Capuava surgiu como distrito no ano de 1985, já no município de Santo André. Para melhor entender a evolução da divisão distrital de Santo André, vale destacar aspectos da história do município, que teve início no século XVI.

Em 8 de abril de 1553, foi fundada a Vila de Santo André da Borda do Campo. A localização exata dessa vila é desconhecida, devido à falta de registros suficientes, mas sabe-se que ela estava situada em alguma parte da atual região do Grande ABC. Em 1560, a Vila de Santo André da Borda do Campo, com os seus moradores, foi transferida para a Vila de São Paulo de Piratininga (atual município de São Paulo/SP), passando a fazer parte desta. A Vila de Santo André da Borda do Campo acabou sendo extinta.

No século XVII, houve a doação de terras da região a monges beneditinos, que levou ao surgimento das fazendas São Bernardo e São Caetano. Já no ano de 1812, São Bernardo foi elevada à freguesia (categoria de localidade semelhante aos atuais distritos), pertencente à capital do Estado. Em 1889, São Bernardo se tornou um município, separando-se de São Paulo/SP. O território pertencente ao município São Bernardo correspondia à região do Grande ABC existente hoje.

A construção da estrada de ferro na região, na segunda metade do século XIX, contribuiu para o povoamento dos arredores das estações. No ano de 1896, criou-se o distrito de Ribeirão Pires e, em 1907, o distrito de Paranapiacaba. Ao redor da estação São Bernardo, surge um povoado que cresceria bastante com a chegada de indústrias, até que, em 1910, é criado o distrito de Santo André, levando esse nome em alusão à antiga Vila de Santo André da Borda do Campo, e tendo como sede o povoado da estação São Bernardo. Depois, a estação também passou a se chamar Santo André. Em 1916, foi criado o distrito de São Caetano e, em 1934, o distrito de Mauá.

No ano de 1938, Santo André se tornou cidade, com a sede municipal sendo transferida para lá. Assim, o nome do município foi alterado para o mesmo da nova sede. São Bernardo acabou virando um distrito pertencente a Santo André e toda a região do atual ABC passou a fazer parte do “novo” município. No mesmo ano, São Caetano se tornou uma zona distrital (atual subdistrito). Com isso, o distrito Sede (Santo André) foi dividido em 1ª zona distrital e 2ª zona distrital (São Caetano). No ano de 1944, é criada na Sede a 3ª zona distrital (Utinga).

Depois, começaram a ocorrer as emancipações, até chegarmos à atual divisão municipal do Grande ABC. Com a emancipação de São Bernardo, surgiu o município de São Bernardo do Campo em 1944. São Caetano também se emancipou, criando-se o município de São Caetano do Sul em 1948 (Utinga então vira 2° Subdistrito). Em 1953, surgiram os municípios de Mauá e Ribeirão Pires. Diadema, distrito pertencente a São Bernardo do Campo, foi emancipado e se tornou município em 1959. O município de Rio Grande da Serra foi criado em 1963, após se emancipar de Ribeirão Pires. No ano de 1985, surgiu o distrito de Capuava, em área desmembrada do 2° Subdistrito, em Santo André.

Fontes:
PREFEITURA DE SANTO ANDRÉ. Anuário 2014.
ESTADO DE SP. Lei n° 38, de 12/03/1889.
___________ Lei n° 401, de 22/06/1896.
___________ Lei n° 1.098, de 05/11/1907.
___________ Lei n° 1.222-A, de 14/12/1910.
___________ Lei n° 1.512, de 04/12/1916.
___________ Decreto n° 6.780, de 18/10/1934.
___________ Decreto-lei n° 9775, de 30/11/1938.
___________ Decreto-lei n° 14.065, de 07/07/1944.
___________ Decreto-lei n° 14.334, de 30/11/1944.
___________ Lei n° 233, de 24/12/1948.
___________ Lei n° 2456, de 30/12/1953.
___________ Lei n° 5.285, de 18/02/1959.
___________ Lei n° 8.092, de 28/02/1964.
___________ Lei n° 4.954, de 27/12/1985.